Tipos e Letras de várias formas e cores formando um caos

Caotize-se!

É interessante como o termo ‘caos’ carrega consigo toda uma atmosfera de negatividade. As pessoas costumam ter uma ideia, por vezes, distorcida de seu significado. “O mundo está um caos!”, costuma-se dizer por aí, exclamações por vezes acompanhadas de um suspiro desolado, quando na verdade deveria ser uma constatação anunciada com certo contentamento. Afinal, são em momentos como estes que surgem as melhores ideias.

Se você é o tipo de pessoa que não consegue manter algo no lugar por mais de uma semana, então você entende. Enquanto suas coisas estão espalhadas pelo seu quarto em uma organização, veja só, caótica, você pode dizer de olhos fechados exatamente onde elas estão. Mas quando alguém resolve arrumá-las, mesmo que seja você, é como se varresse junto a lembrança e as ideias que foram formadas no meio das roupas amassadas e por entre folhas de anotações já esquecidas.

São em momentos de caos onde são criadas novas invenções, hobbies são descobertos, pessoas se reinventam e a humanidade alcança um novo patamar em seu estilo de vida. Não sabemos que precisamos de algo até de fato precisarmos, e é a problemática de certa situação que nos permite descobrir isso. Essa é a magia do caos.

Julga-se demais a desorganização, favorecendo, ao invés desta, a ideia perigosa de perfeição. A disciplina. A rotina. Cada coisa em seu devido lugar, na hora certa, nos mínimos detalhes. Devemos seguir determinado código de conduta durante toda nossa vida para evitarmos justamente aquilo que pode nos ajudar, no final de tudo.

É na calmaria do mar que se vê os peixes ao fundo, mas é a tempestade que verdadeiramente te obriga a sair da sua zona de conforto e agir! Ninguém aprende sem errar, ninguém erra sem tentar e ninguém tenta se não houver algo para ser superado. É um ciclo imutável e decorrente que só ocorre porque não somos perfeitos. Fomos feitos para sentir, para empregar emoção e alma em tudo o que fazemos, mesmo nas menores coisas. E quando tentam nos ‘automatizar’ é quando as coisas desandam. Tentam nos encaixar em espaços pequenos demais para nós, um espaço ordenado que não comporta nossa desordem interna.

Você pode muito bem manter seu caderno de anotações impecável, colorido em tons pastéis e caneta de ponta fina, mas onde fica a emoção de anotar algo, às pressas, com o bom e velho lápis grafite em uma borda vazia qualquer?

Post-its de cores vibrantes e abarrotados de palavras colados pela casa toda, representando cada boa ideia tida. A sensação satisfatória ao encontrar um dinheiro perdido no bolso traseiro da calça, que não existiria se tivesse sido organizado o suficiente para guardá-lo na carteira. O sabor inovador de uma iguaria gastronômica descoberto após substituir um ingrediente que você esqueceu de comprar no supermercado por pura preguiça de fazer uma lista.

É muito fácil seguir regras, criar uma rotina fixa, permanecer na zona de conforto, mas é preciso muita coragem para nadar contra a correnteza.

As pessoas acostumaram-se a lutar contra o caos, mas esqueceram-se (ou não sabem) que é possível se aliar a ele. Deixar as coisas fluírem, tomar um tempo para respirar e observar o céu. Não podemos controlar tudo, e nem devemos! Mas podemos nos tornar cada vez mais flexíveis e nos adaptar aos meios que nos são oferecidos.

Permita-se. Permita-se sentir, permita-se fazer. Permita-se ser o ‘ser caótico’ que você é, com todas as suas supostas falhas organizacionais e comportamentos socialmente displicentes. Caotize-se!

Por Lívia Ferreira
para sua coluna Magia Nossa de Cada Dia

Acesse nossas redes e mantenha-se informado!

facebook instagram twitter linkedin WhatsApp

8 Replies to “Caotize-se!”

  1. Eu sempre pensei nas possibilidades produtivas do caos e da aparente desordem como expressões do lado inteligente do ser humano. Por outro lado, a organização estava mais perto da disciplina e de suas formas de conter e economizar nossas energias para um bem que nem sempre é o nosso. Ótimo texto.

    1. Ótimo complemento, realmente nosso sistema de organização é baseado nas necessidades daqueles que estão ao nosso redor. Obrigada pela leitura!

  2. Excelente maneira de se expressar.
    Nos proporciona uma nova visão para o “caos”.
    Simplesmente, amei!
    Sucesso pra essas escritora, texto incrível.

  3. Como professora, minha vida sempre foi corrida e sempre um caos….Aprendi a conviver desta forma, e amei o jeito que a escritora simplificou este modo de viver. Acho que nem me acostumo mais , se tudo fosse calmo e sereno!! Iria sentir falta deste caos!!

    1. Ah, uma das minhas primeiras mestras, é um prazer receber seu comentário! Obrigada e fico muito feliz que tenha gostado. Beijos! 😘

  4. Através de uma escrita incrível, a autora nos trouxe uma nova forma de ver o caos, achei incrível!!! 👏🏽👏🏽👏🏽👏🏽

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *